Seguidores

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Olha a nova caçadora de marajás ai gente ?

Joca Faria


É queremos uma revolução e as vezes elas vem silenciosamente dentro de nós.



Escrever e publicar num pais do jeitinho como o Brasil é algo estranho quando escrevemos apontamos nossos próprios erros. Não só o dos outros afinal todos os homens acordam com o membro duro de manhã.
Mas ter editores como Ricardo Faria que apimentam ainda mais seu texto ai é dureza e se bater resolvesse podíamos fuzilar vereadores, prefeitos, senadores e presidentes.
Não ia fazer falta nosso pais tem uma escola de gente covarde. Querendo roubar. Meu editor diz que até eu quero uma boquinha. É dureza. Estamos todos corrompidos e agora o Partido Verde vem novamente com a bandeira da ética olha a historia do caçador de marajás se repetindo e daí?
Daí que não tomamos vergonha na cara ás pessoas se escondem atrás de uma fachada de que tem uma família para cuidar e enche a cara de cachaça se achando alguma coisa. Ou até cocaína.
E estamos mantendo estas injustiças sociais que nós somos algozes e muitas vezes vitimas.
Onde tem homens sérios no poder de alguma empresa ou governo.
O cinema, teatro, literatura estão ai para apontar nossa podridão. Nisto no Festivale foi natural vestíamos as carapuças a todo o momento.
Esta pose de democracia e liberdade esconde uma sociedade que se apodrece cada vez mais e torna este fascismo mais claro.
Antes fuzilavam e internavam artistas agora os matam aos poucos no ostracismo e no escárnio da incompreensão.
Fazem-nos ser ridículos. O processo eleitoral é uma farça financiada por empreiteiras que no fundo governos financiam.
O PT mudou faz o jogo dos ratos. Disfarçado de gato. Mas já é um governo melhor que os proto fascista do PSDB.
A imprensa esta ai para manter este falso jogo democrático e nos povo somos a ilusão nos achando eleitores?
Nunca se inicia uma revolução coletiva , pois revoluções coletivas não existem Zé Dirceu naquela foto em cima do carro é uma farsa aquilo deve ter sido montado na hora?
Já vi brigas de fachada em sindicatos só para uma foto num jornal.
E tudo montado. E sempre será. Marina esta sendo engolida por um sistema da qual faz parte e finge não fazer.
Até eu sou usado pelo meu radical editor Sr. Ricardo Faria. Somos futuras bostas comidas de verme.
Deixemos nossa hipocrisia e covardia e voltemos a luz e nos tornemos homens de verdade.
Mas isto é um processo doloroso. No qual deixamos de ser.
No mais este mundo é uma ilusão. Deixemos nossas vaidades e escolhemos uma das pílulas?
Bem vindo ao mundo de Matrix....Você não existe.
Voce é um produto de mercado o consumidor...

João Carlos Faria

http://www.mundogaia.com.br/

Editora Pasárgada

Nenhum comentário: