Seguidores

sexta-feira, 29 de maio de 2009



Espelho numa cinza manhã de outono ...

Joca Faria

Ouço o canto da arvore real...ouço o real ...ouço o canto da arvore real...este fragmento da música de Edu Planchez fez me acordar ...Lembro de minha musa dançarina meu falo ereto ...Em flente ao espelho na cinza manhã de outono ... Sonhei com Abujanra em São Paulo ele dirigia uma peça baseada em meus textos. Perigrinavamos eu e João Nicolau por São Paulo tentando achar saidas...Ouço o canto do Pássaro Real ... Mergulho dentro de mim mesmo ...E estou em Ilha- Bela ... A ver círculos mágicos ... Vejo um casal mergulhar no astral dentro do Oceano Atlântico fazem amor dentro do mar...
O tempo volta ... Ao século dezenove vejo uma mulher ser condenada a forca em Caraguatatuba...
Eu mesmo a condenara ...
O tempo passa ... Ela renasce num novo corpo... E agora nos encontramos numa praia deserta sem lembrarmos do passado.
Desço aos infernos ... Vejo você lá ... Lá estão Roberto Marinho ... Carlos Lacerda ... Figueiredo ...
Lamarca está em outro circulo ... Mariguella lé faz compania ...
Volto ao plano fisico ... Caminho pela Vila Industrial ... Nesta manhã chuvosa ... PASSO em flente a
lojas que vendem pássaros.. . Quero compralos para poder solta los de frente ao banhado...
Ouço o canto da arvore real... Ouço o canto do pássaro real...
Mergulho dentro de uma tela de Davi F. F. Faço parte daquela sena de tantra ...
Caminho pela lanchonete do SESC ... Minha musa e senhora está junto a mim ...
Ouço o canto de Gilberto Gil ... Ele canta seu negro canto quase aos setenta anos... Leio uma entrevista de Caetano Veloso na Cult ... Segundo ele a USP é uma grande mentira ...
Volto ao Oceano Atlântico ... Meu falo penetra minha doce bailarina ....

João Carlos Faria

República de Pasárgada

Literatura , filosofia e arte ...

hipte://www.youtube.com/watch?v=XH7iDYcMqbo

Nenhum comentário: