Seguidores

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009



Eu adoro o litorar...


Joca Faria
Foto poesia no Prato na Casa da Zenilda,Reginaldo e Brisa


Ainda não fui a Heliodora mas já estive lá ...Heliodora é mais uma bela cidade de nosso iluminado Sul de Minas onde ainda não morei. De onde um dia minha família tristemente partiu para construir o sonho brasileiro aqui nas bandas de São Paulo nos anos setenta ...Mas sempre estive em Paraisópolis hoje vou menos ...Nos anos noventa parei de ir lá para ampliar minhas fronteiras hoje morro de saudade de meus avós. Que lá estão descansado a eternidade. Nem sempre lembro que sou mineiro. Mas sou de alma corpo e coração. Hoje comprei sorvete de queijo em plena Vila Industrial aqui em nossa São José dos Campos no Domingo peguei uma cachoeira. Mas e Heliodora ainda não fui ...Esta gente boba que vive sonhando com as Europas e critica Patativa do Assaré que novidade tem na Europa que não podemos encontrar em Heliodora ou no norte da Argentina como bem mostrou nosso jornal hoje de nosso joseense Evaristo Costa e a bela Sandra Anenberg bem que eles podiam nos mostrar Heliodora tão bencantada nos poemas de Renato Vieira daqueles panfletos poéticos a estilo Dailor Varela ...feitos e refeitos nos anos oitenta.
Quem sabe agora que talvez serei professor de Português possa eu conhecer nosso imenso Brasil se bem que eu como bom Mineiro adoro um litorar. Não digo que nunca irei a Europa ou Estados Unidos mas primeiro quero desvendar nosso sertão Mineiro em busca de nossas raízes ir a Amazônia enfim desvendar este Brasil.
Quem sabe um dia destes pego um ônibus como uns pasteis de queijo em Paraisópolis e vou passear em Heliodora tão bem cantada por Renato Vieira...Espero que lá tenha cachoeira pois onde não há mar tem de haver uma cachoeira?
Desculpe minha gente gosto de umas aguas caindo em meu corpo nú. Sem nenhuma amarrinha social deste papo conservador. Afinal sou mineiro terra de Tiradentes, Carlos Drummond e de muita gente boa..Mas não abro mão de ser paulista daqui da Serra da Mantiqueira pois basta pegar um circular em direção ao Turvo e você estará na Serra da Mantiqueira onde um dia compro uma casinha branca com uma bica dágua.
A mode dormir na rede...De tarde depois de roçar um capinzal...Plantar um pouco de milho feito meus avós. E modernamente me conectar a internet...Dar meus palpites as vezes feliz ou infeliz.
Ontem criticaram Patativa do Assaré discutiram sobre a norma culta e eu bem mineiro só fiquei de butuca ouvindo o papo deles. E to aqui bem libertário escrevendo como queira sem dar satisfação a imbecis intelectualizados. Sou caipira hy tec mas sou bem caipira. Adoro um café um doce de leite.
Mas não deixaria de comer uma comida Francesa adoro nosso caipires, adoro sotaque de qualquer parte deste Brasil ou pais deste mundo.
Agora somos virtuais e inreais não precisamos de nada mais que um computador uma internet banda larga pra soltar nossas garrafas de idéias. Estamos conectados ...
Mas eu ainda vou a Heliodora conhecer outros poetas. Vou sim mas vou também a AMISTERDÃ...
apé a cavalo, de ônibus avião e também em astral...
Estas minha Betis que me cercam e me levam a caminhos mais estranhos. Estou perdido no mundo delas que me perca mais e mais e mais.
Um beijão lá vai mais uma garrafa olhe a cabeça ....

João Carlos Faria

Mundo Gaia

Literatura,filosofia e arte

Nenhum comentário: