Seguidores

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Vamos gerar empregos?


Joca Faria




A figura do Curador de Arte é importante?
A maioria dos Museus e Fundações funcionam no Brasil
e no Mundo com curadores de arte.
O CURADOR figura sempre ligada ao meio cultural oferece
suporte aos administradores das entidades publicas e privadas
para escolha de projetos e trabalhos dentro da comunidade
que trabalha com cultura e seria responsável pelo
desenvolvimento da nossa diversidade.
O que você pensa a respeito ?
Comente..........

Lauro Flessat


São José carece deste profissional em relação a Fundação Cultural Cassiano Ricardo em tempos de crise cabe aos prefeitos, governadores e presidente e o legislativo pensar em arte e cultura como algo que gere renda para a população brasileira estados como Rio de Janeiro e Bahia estão a frente no Rio as estalaçoes da Rede Globo com suas telenovelas e a Record na Bahia suas bandas e o turismo no carnaval e no São João.
Aqui em São Paulo temos São Luiz do Paraitinga com seu carnaval e a alegria o ano todo.
São José e Jacarei tem uma cena cultural e artística forte mas mau apoiadas no setor público como diz Lauro Flessat temos que encarar arte como um negocio também.
E agora a Fundação Cassiano Ricardo tem um gestor que tem uma experiencia grande com o setor empresarial.
Porque não encarar a cultura como um desafio de geração de renda ? Todos sabemos que a industria no mundo todo já não tem o poder de ter uma grande mão de obra. E nós temos que inovar a General Motors acaba de demitir e teve apoio financeiro dos governos. Muitas isenções e a cultura na cidade batalha a anos por um Fundo Municipal de Cultura.
A cidade em veste em encubadoras para gerar empresas de ponta então vistão em empresas de cultura e arte.
Profissionalização de artistas e profissionais da própria entidade. Porque não se faz como o SESC e não se tem um cronograma de eventos o ano todo. Ta´na hora de repensar estes Festivais e Semana Cassiano Ricardo estamos em 2009 são modelos dos anos 60 e 80 do século vinte de quando a cidade era não muito grande hoje precisamos de teatros e espaços nas regiões da cidade.
São José precisa de um projeto cinematográfico e de teatro. Porque não a Fundação Cultural não ter uma gravadora e editora ai sim com curadores que identifique produções importantes para a região e o pais.
Porque não projetos em parcerias com Senai, SESI, SESC, SEBRAE, Universidades e Fundações públicas e privadas.
Uma maior atuação com as cidades da região, Secretaria Estadual de Cultura e Ministério da Cultura ai sim teremos um projeto de governo e visionário que gere oportunidades iguais a todos
um plano de carreira aos funcionários e concurso.
A verba existe os talentos humanos estão ai basta a comunidade esquecer partidos,linhas ideológicas e
juntar-se para fazer politica no que há de verdadeiro nela melhorar a vida das pessoas.

João Carlos Faria

Mundo Gaia

Literatura, filosofia e arte

www.mundogaia.com.br

Nenhum comentário: