Seguidores

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Á tardinha de inverno....e a vontade de trabalhar ....

Joca Faria


Não digo oi digo saudade na tarde azul, os passarinhos na gaiola cantam queria solta-los, mas não posso eu morreria de saudade e eles morreriam, pois não sabem se alimentar.
Andei lendo Fabrício Capnejar e Reginaldo Gomes agora mesmo... Mas não sei falar do passado , pois passou...Gosto desta tarde com este vento entrando quarto adentro, barulhos na avenida que daqui a alguns meses mudarei para duas ruas acima...Dinheiro ultimamente tenho este mês não farei as unhas nem pintarei os cabelos preciso economizar para ir a Belo Horizonte neste fim de mês...As coisas na parte de finanças começam a melhorar. Preciso montar um negocio faz mais de 12 anos que não assino minha carteira... Será que ainda saberei ser empregado prefiro ser patrão de mim mesmo... Gosto de minha liberdade de tempo de não cumprir horário e poder fazer meus mantras e voltar a ler livros. Agora tenho computador e internet , mas a princesa de mais ou menos 33 anos que quero conquistar diz que não tenho TV a cabo para ver os orientais não esperava isto dela ela quer me transformar em mais um consumidor passivo ainda não tenho celular pois não quero e entre tirar carta e ir a Belo Horizonte preferi ir a Belo Horizonte depois tiro carta, faço uma faculdade que vexame o Lula ta dando chance para todo mundo fazer faculdade preciso me virar para não ficar para traz quem sabe letras...né...não que serei melhor poeta mas para errar menos na gramática to falando de mim depois de ler estes dois amigos novos...
O Reginaldo conheço da década de noventa, mas sempre foi uma relação comum agora quem sabe amigos... Se bem que ainda não veio dar uma geral no meu computador para poder tomar um café, é a distancia da zona leste a sul é o infinito...
Qualquer hora desta rola, to perdendo alguns amigos e ganhando outros a vida é assim uns vão outros vem. Mas com o tempo os antigos também voltam , mas não quero negócios com estes mais.
O povo ta reclamando do fim do site Cidade das Palavras legal quando a gente cria algo é para o mundo e não mais nos pertence. Recebi uma bela carta com uma matéria do Dailor Varela eita poeta e jornalista dos bons acabou com meu antigo parceiro que é irmão de um poeta de verdade...ó dó...
Mas a vida prossegue a editora pode rolar de vez na nossa cidade dormitório grandes parcerias profissionais ta pintando qualquer HORA vou a Sampa e ao Rio artistas tem que circular ontem vi o White um artista de rua que vive perambulando pelo Brasil ele é filho de uma amiga minha....Vamos dar um jeito nele urgente para começar um banho de loja e aulas de etiqueta....
No mais vou indo tenho que buscar criança na escola ela de sete anos reclamou das bases na minha unha. Não é vaidade e sim necessidade....
Beijos....

João Carlos Faria

www.mundogaia.com.br

Gaia

Literatura, filosofia e arte....

Nenhum comentário: