Seguidores

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Uma noite infernallll...llll

Joca Faria

O texto que vou tentar escrever neste momento é a mistura de experiencias vividas com um pouco de invenção. Não conseguirei relatar com fidelidade pois não foi fácil...Aconteceu num tempo e espaço indefinido na minha cidade natal..Paraisópolis, Minas Gerais...Como em outros sonhos já recorrentes tentava eu chegar a uma velha fazenda que é a da família mas onde nunca pus os pés...
No sonho eu era um misto de homem e demônio...uma dúbia identidade algo bem sinistro estava entre a vida e a morte...num dos momentos vi um velório e quem estava sendo velado era eu mesmo...eu havia morrido neste sonho...já não achava que voltaria para contar esta história a quem quiser lela...não foi fácil hoje ao acordar precisei sair de casa um pouco bater um papo ler um jornal...Ontem ao chegar em casa depois de uma palestra que organizara e um bom bate papo num café a luz estava apagada o fuzil havia queimado. Cobri os passarinhos escovei os dentes e fui dormir deveria ter rezado antes...pois foi uma longa e tenebrosa noite entre homens e demônios...
Os fatos não estão seqüências na cidade tentava chegar a fazenda de taxi, trem e apé...todo mundo era bem estranho estava sendo perseguido por gente muito estranha...mudei de dimensões varias vezes...nunca fui lá só cheguei uma vez numa pequena capela abandonada...mas voltei pois era velório de meu avo materno na cidade...este lugar é chamado de bairro da Lagoa...a uns trinta quilômetros da cidade...eram seres estranhos mas obtive ajuda de dois amigos ...adentrei a este inferno e voltei quase ileso... nem tão ileso assim, mas vamos retomando a vida...pois ela se faz em vários planos...
Agora bem mais tarde estou mais tranqüilo...aos poucos tentarei interpretar mas é duro se ver um demônio ou ex demônio...provoquei muita ira fugi desesperado...pela cidade entrei em trens que já não existem...mas agora passou...deixo as impressões para outros textos. Estou aqui bem vivo?
Vamos em frente...

João Carlos Faria

Nenhum comentário: