Seguidores

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

रोमा silvestre

Roma silvestre....

JOCA FARIA

Cores muitas cores diante de meus verdes olhos cor de abóbora a cidade esta quente a um sol a nos iluminar antes de o carnaval...quero uma hora destas fazer uma túnica a estilo século vinte e um e sair pela bela cidade a nossa cidade...rica e diversa em versadores .... canto e meus males se espantam quero estar nu ...pelos parquessss com minha neo túnica romana....
Sou um inventivo criador de mentiras inofensivas que tornam-se verdades...não gosto de criar inimizades nem guerras diversassss ando por ai...caminho sem direcao....quero sim fazer cinema ...movimentar a imagemmm....por onde anda estes poetas anos oitenta no qual não conheci...qualquer hora topo com eles ...a febre a febre amarela nos chega com sua forsa silvestre...e eu e meu guarda-chuva...não tenho medo de nada e mergulho nas águas geladas de nossa mantiqueiraaa...
Florestas azuis nascem diante de meus olhossss ....a luz do sol na tarde azul clara....anjos e demônios se encontram no kaotica clã dos úteros nascem e nos caixões somos enterrados...celebremos nossas vidas para não morrerermos em amarguras...quero a lapa dentro de meu coração...quero o centro e a periferia de nossa poeticidade.....
Moria mil vezes Moria que seje espalhados por todos os cantossss,,,,autofogicamente te devero e te penetro e tu penetrame...somos todos canibaisss....porque escrevo e jogo três sss não sei nunca sabemos nada diante desta tela que já não esta tão branca assimmm não sou dono nem senhor de nenhuma verdade....e sim filho das adversidades...a jaula esta aberta? Realmente ela foi aberta? Sera que somos nos os que fugiram? Não sei quero ser eu mesmo um ser de verdades ...e viva este sol que renasce por entre as nuvens vou tomar minha coca-cola....já fiz ou não fiz o dever de casa?
Nunca sabemosss vou indo vou indo pois a jaula esta aberta?

João Carlos Faria

Vejam a historia da cultura jossee segundo o mundo de Beth

http://mundodebeth.blog.terra.com.br/era_uma_vez_eu_69

www.cidadedaspalavras.com.br

Nenhum comentário: