Seguidores

sexta-feira, 10 de novembro de 2006

UM

Um

Joca Faria

Eu aqui sentado nesta privada. Esperando um doce de goiaba que ela foi buscar.Ela tão doce e amada. Nestes dias de conturbadas paixões onde desiludo-me com a livre expressão do ser humano. Uma pagina CONTENDO fotos de minha pessoa humana foi apagada da internet lá tinha um contato de cem pessoas que se perdeu.Só porque eu estava nú. E agora Joca o que fazer? Não continuo meu caminho sentado nesta privada.E pensando por estes dias ando cansado estamos em novembro hoje faz frio.Um frio de rachar em novembro ouço Ney Matogrosso faço uma grande exceção quando escrevo estou sempre em silencio.Para poder me encontrar comigo mesmo. Mas afinal quem sou? Além de homem desempregado aos 37 anos. Mas o que é ser nesta sociedade onde o que vale é ter?O ator Edu Gair disse que eu e o cineasta JoãoNicolau somos biscateiros que vivemos de quebragalho não sei só sei que nunca sei nada. Embora não sendo sempre somos estamos no Brasil e aqui simplismente nos viramos.Acabou a eleição o sinal esta vermelho esta acabando o ano e tudo continua do mesmo jeito.Porque não temos o direito de ter praias exclusivas para naturistas, como o projeto de lei do deputado carioca Fernando Gabeira.Porque a nudez que é algo natural sofre pré-conceitos?Termino este texto com perguntas, sem nenhuma sem uma única resposta.Quem sou ? Quem somos?Eu direto de minha privada faço um troçó.E eu ouço a balado do Louco na interpretação de Ney Matogrosso.Mais louco é quem diz e não é feliz........Que revivam os MUTANTES...

João Carlos Faria

Grupo Cultural Cidade das Palavras...

ww
w.cidadedaspalavras.com.br

Nenhum comentário: