Seguidores

quarta-feira, 26 de julho de 2006

E HORA DE MUDANÇAS

E hora de mudanças

Nestas noites em que tememos sair das nossas casas, noites de medo no Oriente Médio. Joca
Faria (*) Homens que estamos doentes com a civilização em ruínas. Deixamos nos corromper pelas mesmas trinta moedas. Calamos diante deste estado autoritário com essa linha de exclusão social. É preciso encontrar as boas pessoas que restam neste mundo e lutar pelas mudanças.Não há mais os ismos do século XX, temos que construir uma nova sociedade sobre essa que já morreu e fede insepulta.
Máfias e mais máfias em nosso Congresso, o Estado deDireito perdeu a força em São Paulo depois de doze anos de um governo fraco comandado por truculentos covardes que agora choram de medo do Marcola. Que não soube, não quis é o mais certo, impor a Lei na administração dos presídios.
Sucateou a educação, falhou na habitação, desdenhou a saúde, o saneamento e vai pagar com a vida dos nossos filhos pela corrupção e a incompetência. Malditos sejam esses ladrões abandonados pelas próprias mães nas latas de lixo da vida que somente o mal podem oferecer.
Que viva Luiza Helena, Luiz Inácio Lula da Silva. Vivam as propostas que objetivem o bem estar coletivo e a transformação real de nossa sociedade. Abaixo a mediocridade do tucanato e a sua perversa mentira que serve apenas para agregar as aves de mau agouro ávidas de bons salários na máquina pública as custas do contribuinte.
Distantes do povo, dão vazão as suas inquietudes, neuroses e vícios de fumar, beber e cheirar entre abraços homosexuais tarados quase sempre imersos na lama.
A nação que aspiramos dispensa essa gente viciada e exige direitos iguais, educação e trabalho. É chegada a hora de nos livrarmos dos bastardos nascidos nas latas de lixo, chopins das nossas almas e esperança.

(*) João Carlos Faria - jocafaria@yahoo.com.br - http://www.cidadedaspalavras.com.br/ - http://jocafaria.blogspot.com/ http://www.arautos.digitalvale.com.br/ -

Nenhum comentário: