Seguidores

sexta-feira, 14 de julho de 2006

Desejos
Joca Faria
Beijo um beijo no caminho, no êxtase profano de sexos de anjos caídos.Na noite em avenidas movimentadas no silencio. Ela corre em desespero. Calada diante do kaos que acabara de ver.Uma fenda se abre e diante de seu silencio.Elas surgem vindas de um tempo perdido.E num segundo qualquer a lua torna se vermelha.E ela chega em sua casa entra sem olhar para trás.
João Carlos Faria

Nenhum comentário: