Seguidores

sexta-feira, 9 de junho de 2006

Roda Gigante

Roda Gigante

Joca Faria

O que não fiz, Já não importa mais devo viver este presente este eterno presente.Sei que sinto saudade do que foi, Mas já passou devo
ousar hoje. Porque a chance de construir algo melhor e hoje e não ontem nem no futuro, Pois não ha futuro somente o presente.
Sei que sempre tenho que mudar me transformar, Mas sinto me sempre o mesmo, Com meus demônios a perseguir me.Sou fraco mas hei de fortalerceme.
Hei de vencer estes meus demônios.Ontem vi uma amiga que já há
tempos não via, Sentia saudade sinto saudade.
O tempo passa e nem percebemos sempre somos os mesmos? Não sei mas sei que sempre recordo me de antigos dias, Como se fossem
melhores que hoje mentira isso e uma grande mentira, Sempre somos felizes e infelizes sempre perdemos e vencemos.
Estamos aqui presos a esta enorme roda gigante quero saltar mas tenho medo, Quem sou eu quem e você?
Tento descobrir me, Desbravar me mas sempre estou no lugar comum, Desculpe amigo sei que sou mediucre. Mas e o que sou. Tento
superarme saltar o abismo que separa me desta mediocridade e tornarme sobre humano um super-homem.
Por enquanto vou vivendo tentando a saída desta enorme roda gigante.


João Carlos Faria

http://www.cidadedaspalavras.com.br

http://www.marceloplanchez.blogspot.com/

http://www.vejosaojose.com.br/

Nenhum comentário: