Seguidores

quarta-feira, 17 de maio de 2006

Sonhos

Sonhos

Joca Faria

Noite uma noite de estrelas que dançam cirandas em torno de si na Via Láctea.
Durmo a tarde inteira em delírios febris, Esperando a noite estranha noite chegar.
Dançamos ciranda em nossos sonhos como crianças numa madrugada fria. Vejo as nuvens vejo em sonhos a noite chegar.
Em meu solitário quarto durmo e acordo ao ver as Ninfas INVADIREM meus sonhos. Quem sou realmente? O que esta por trás de meus segredos? Em sonhos e pesadelos sou ator de novelas,
Às vezes cometo estranhos assassinatos, Às vezes estou a fazer sexos
em estranhos bordeis infernais.
Quem sou diante da solitária estrela que inaugura noite.
Ando como que com intimidades pelos círculos infernais, Danço com Anjos cirandas em cima das nuvens.
Crianças batem a porta querendo invadir meus sonhos, Volto ao mundo e torno me novamente criança ao brincar.
Ensino a Ciranda a elas.Descubre me ridiculamente humano.
João Carlos Faria

Nenhum comentário: