Seguidores

terça-feira, 23 de maio de 2006

EU

Eu

Joca Faria

Mais eu do que eu mesmo, Estou perdido em meus parcos sentidos,
Caminhando RUMO a uma estrada sem saída.
Em que direção posso ir? Não tenho ninguém a encostar nas noites mal dormidas, Para me consolar na hora do pesadelo.
Que mal eu faço a mim mesmo, Não sou um sedutor, Não derrubo corações
Sou pura solidão estou vazio.
Ainda não aprendi a amar, mesmo sendo poeta.
Que Cazuza me perdoe por roubar os versos.
Danem se. Sou sozinho a ESCUTAR o motor de um avião.
Quero me perder no caminho para Atlântida quem sabe em outra dimensão
Eu descubra o amor.

João Carlos Faria

Nenhum comentário: