Seguidores

quinta-feira, 25 de maio de 2006

Anel de esperança

Anel de esperança

Joca Faria

A lua na manha da noite.
Prendeu seus cabelos e saiu para ver as estrelas.
Estava querendo brincar de esconde esconde.
Estava cansada de ser um planeta desabitado sem nenhuma vida.
Sabia que iria virar poeira cósmica.
Então seu espírito resolveu passear pelo universo.
A procura de muitas aventuras.
Pôs um anel em suas belas mãos.
Pegou um cometa que passava perto de si.
E foi viajar sem dar nenhuma bola para seu antigo corpo.
Seu desejo por novas aventuras era grande queria sentir se viva novamente renascer em volta de alguma nova estrela.
Queria gerar uma nova vida dentro de seu útero.
Conversou com Deuses e ganhou outra vida.
Num lugar qualquer da Galáxia.
Enfim a lua renasceu.
No útero do universo.

João Carlos Faria

Nenhum comentário: