Seguidores

segunda-feira, 27 de março de 2006

Sol da meia noite

Joca Faria

Quase meia noite e lá vai uma segunda-feira e outro dia se iniciara
e eu aqui a me despedir deste dia.
Vem ai uma manha e teremos nos um novo amanhecer?
Mas que amanhecer e este? Nossa solidão e grande estou resistindo há dias a meus egos.Será que continuarei a resistir?
Quem sou? Quem somos nos neste pequeno planeta que viaja em torno do Sol seremos um Universo inteiro num acender de um fósforo?
Seremos como universo em forma de bolas de gudes como no filme
Homens de preto?
Não sei de nada e sei que ainda não sou? Mas afinal quem sou?
Leio avidamente O livro A caverna dos Antigos de Lobsang Rampa
e surgem cada vez mais perguntas este e meu ano de leituras Lobsang Rampa estou aprendendo cada vez mais com este mestre.
Mas afinal tudo cabe em nosso quintal? Quantos livros cabem numa só cabeça? Mas que cabeça e esta que devora livros e mais livros tenho eu um amigo que dizia que a cada livro que ia lendo
rancava a pagina lida e o comia.
Então lê servia de alimento para a alma e o corpo.
Mas afinal porque estamos neste planeta que velocidade me faria ver o que acredito sem ver?
Estou cego busco luz onde encontrarei minha caverna secreta quando me encontrarei com meu real ser?

João Carlos Faria

Nenhum comentário: