Seguidores

sábado, 11 de março de 2006

Não ser

Não ser

Joca Faria

Nunca falar nada que não seja a verdade, mas que verdade? Conhecemos a verdade? Não sei alguém sabe? Mas quem sabe quem?
Hoje ela contou me que viu alguém e imaginou ninguém.
Quem , mas não ninguém? Ou alguém? Mas quem?
Não sei, não ser mentira que mentira?
Não somos ou não seremos afinal quem entrou em meu quintal?
Tenho quintal? Mas quem sou afinal?
Sou matéria? Sou espírito? Sou uma fantasia? Quem sou ou quem somos?
Afinal tem quintal? Tem estrelas? Tem abismos? Temos sexo, mas que sexo.
Temos? Somos espíritos? Mas não vejo nada a mais? Cadê a física da metafísica? Não ser? Ou ser? Quem e você que lê? Consegue saber será que e?
O que vejo não e? Tudo e matéria? Ou tudo e espírito? Estou aqui e ali e já passou o momento que escrevi.
Nada sei embora sei? Levanto, como, durmo, trabalho, faço amor, amo, odeio sem nenhum receio.
Cadê seu seio? Cadê meu pênis? Não ser faz parte de ter?
Onde estávamos a cem bilhões de anos? Onde estaremos daqui a um trilhão
De anos?
Quem não somos se somos? Porque não sou o outro e outro não e eu?
Quem sou eu? Este eu existe? Onde esta o eu de quem já foi? Quem foi? Para
Onde foi?
Afinal tem final?

João Carlos Faria

Nenhum comentário: